terça-feira, 19 de agosto de 2014

Diário de Viagem: Buenos Aires - 01

Esse sábado voltei pra casa depois de ficar uma semana na Argentina! Já tô com saudade de lá mas também estava com saudade dos amigos e da família. Esses posts vão ser mais pra que eu guarde de lembrança e lembre dos momentos da viagem - e pros amigos que leem o blog e não dá tempo de contar pessoalmente (amigos que leem o que eu escrevo <3) - do que realmente algum tipo de guia , mas espero que ajude alguém e se tiverem dúvidas escrevam nos comentários ou me achem nas redes sociais. (Já adianto que no primeiro dia as fotos foram ruins e não tem muita coisa)

Dia 9 eu peguei um avião no aeroporto de Guarulhos pela LAN (farei um post depois sobre aeroporto , câmbio e dicas em geral) para o aeroporto de Ezeiza. Chegamos mais o menos umas cinco horas e pegamos um táxi para o apartamento que alugamos na Recoleta. Depois de desfazer as malas já estávamos morrendo de fome (afinal de contas já eram quase seis da tarde!!!!) e fomos almoçar num restaurante que ficava na esquina do apartamento.


OK , pela foto pode não parecer mas meu prato parecia uma montanha de tanta batata frita. Não sei como os pratos da Argentina podem ser tão bons por um preço tão pequeno. Esse prato foi 75 pesos , mais o menos 21 reais! Minha milanesa tava uma delícia e até sobrou batata. O restaurante-café era pequeno mas gostoso de ficar e tinha wi-fi (aliás todos os restaurantes e cafés que eu fui tinham). A única coisa é que nas duas vezes que fui lá teve demora nos pratos e não lá não estava cheio nenhuma das vezes.

Entre Amigos
General Lucio Norberto Mansilla (esq.Laprida) - 1425

Depois de almoçar fomos andar um pouco na Avenida Santa Fé - uma das principais de lá cheia de lojas - que ficava á duas ruas do apartamento. Lá vimos muitas Farmacity que são farmácias que vendem cosméticos de boa qualidade e ainda chocolate e etc. E também vi bastante a sorveteria Freddo e MUITOS kioscos que vendem docinhos principalmente alfajor e milka! (compre milka quando for!). O que você mais verá em Buenos Aires é um kiosco chamado 25h open. Sério , já vi até 3 lojas na mesma rua.


Depois fomos jantar em Puerto Madero onde eu achei que não faria tão frio porque até então embora meu pai estivesse com muito frio eu estava quase com calor. Ai fui de saia longa mesmo (mal sabia yo que só iria sair lá de madrugada quando fica mais frio </3). Andamos MUITO por Puerto Madero e eu fiquei completamente apaixonada pelas luzes e todo o conjunto dos restaurantes. As fotos do primeiro dia mal existiram e estão ruins mas depois melhora muito , juro.

(sim , está borradinho de proposito , obrigada)

ENFIM , tal que já mortos de fome entramos em um dos restaurantes que meu pai tinha pesquisado , o La Parolaccia. Estávamos na recepção tomando um espumante com suco de pêssego super gostoso quando nos tocamos que era meia noite e meia e dia dos pais! (embora na argentina tenha sido o dia das crianças).
O restaurante tinha um visual bem bacana e fica aberto por um tempão (saímos de lá duas da matina) e atenção para o melhor nome ever de um prato italiano:

LEAVE THE GUN , TAKE THE CANOLLI.

Não tirei foto do meu prato mas era do tamanho de uma assadeira de acrilico branca cheia de massa caseira de talharim com azeite e mini pedaços de alho. Acrescente queijo ralado dos bons.Só de pensar tô salivando aqui. Uma das melhores refeições da minha vida.

LA PAROLACCIA
Alicia Moreau de Justo - 276

Depois andamos mais um pouco por Puerto Madero e pegamos um taxi pro apartamento afinal no outro dia iriamos para a feira de San Telmo!

E esse foi o final do primeiro dia , e logo posto o do segundo dia já que esse post foi tão curtinho. Depois faço um post com curiosidades e dicas úteis. 
Beijão pra quem chegou até o final do post.

Se quiser ver mais fotos vá no meu instagram: @stepandinha

0 comentários:

Postar um comentário