quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Diário de viagem: Buenos Aires - 02


No segundo dia de viagem a programação principal era a feira de San Telmo que é uma feira que tem todo domingo no bairro de San Telmo (daí o nome) onde se vende desde lembranças da argentina até doce de leite caseiro.

Pegamos o Subte (que é o metrô deles e custa 5 pesos - mais o menos dois reais - e que é mais velho que o de São Paulo mas funciona bem) e descemos perto da Casa Rosada. Como eu comentei no outro post , lá era dia das crianças mas como eu estava com o meu pai o dia também era dele então ele escolheu o restaurante do almoço.




Não tirei fotos da feira porque ela é lotada de gente ou seja , fácil pra alguém passar a mão no meu celular. A feira tinha realmente um pouco de tudo e eu comprei um agasalho de moletom cinza , uma blusa do time San Lorenzo (o time do papa que ganhou a libertadores) pro meu vô e um pote de doce de leite caseiro (depois posto fotos das compras - tirando os de comer porque já acabou tudo </3)



Para almoçar fomos em um restaurante chamado Desnível cheio de bandeirinhas de outros países e uma decoração no mínimo diferente. Esperamos uns 40 minutos (10 minutos na entrada e uma das "divisões" do restaurante) e em parte desse tempo ficamos conversando com o churrasqueiro de lá super amorzinho que até posou pra fotos hahahah. Não tirei foto mas comi uma milanesa de carne e batatas fritas e não sei como sobrou espaço pra doce de leite. De bebidas o que eu mais tomava lá era suco de laranja e nesse dia pedi a "água com sabor" deles que é tipo a bonafonte/h2O com sabor que vende por aqui também mas lá eles realmente gostam e tomam.

Desnivel
Defensa 855 (Av. Independencia) - 1065

Quando estávamos fazendo o caminho para voltar ao começo da feira , paramos em um café onde meu pai tomou café e eu um Smoothie de morango <3 Tinham um grupo de meninos loiros que meu pai , eu e a namorada dele ficamos apostando de que país eles eram. Não descobrimos mas um cara apareceu do nada e pediu pra tirar foto com eles (???)
 
NÃO PEÇAM O COOKIE ELE VEIO DURO E RUIM.
Mas o Smoothie é uma delícia pode pedir que é sucesso.

La Panadería de Pablo
Defensa 269 (Alsina)
http://lapanaderiadepablo.com/
(dá pra ver o menu pelo site)

Do café fomos andar um pouco e passamos novamente pela Casa Rosada e dela fomos para a Calle Florida - uma rua cheia de comércio - mas como estava de noite (e domingo) a maioria das coisas estavam fechadas então seguimos para as Galerias Pacifico que é um shopping ostentação de lá cheio de luzes e lojas caras.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Diário de Viagem: Buenos Aires - 01

Esse sábado voltei pra casa depois de ficar uma semana na Argentina! Já tô com saudade de lá mas também estava com saudade dos amigos e da família. Esses posts vão ser mais pra que eu guarde de lembrança e lembre dos momentos da viagem - e pros amigos que leem o blog e não dá tempo de contar pessoalmente (amigos que leem o que eu escrevo <3) - do que realmente algum tipo de guia , mas espero que ajude alguém e se tiverem dúvidas escrevam nos comentários ou me achem nas redes sociais. (Já adianto que no primeiro dia as fotos foram ruins e não tem muita coisa)

Dia 9 eu peguei um avião no aeroporto de Guarulhos pela LAN (farei um post depois sobre aeroporto , câmbio e dicas em geral) para o aeroporto de Ezeiza. Chegamos mais o menos umas cinco horas e pegamos um táxi para o apartamento que alugamos na Recoleta. Depois de desfazer as malas já estávamos morrendo de fome (afinal de contas já eram quase seis da tarde!!!!) e fomos almoçar num restaurante que ficava na esquina do apartamento.


OK , pela foto pode não parecer mas meu prato parecia uma montanha de tanta batata frita. Não sei como os pratos da Argentina podem ser tão bons por um preço tão pequeno. Esse prato foi 75 pesos , mais o menos 21 reais! Minha milanesa tava uma delícia e até sobrou batata. O restaurante-café era pequeno mas gostoso de ficar e tinha wi-fi (aliás todos os restaurantes e cafés que eu fui tinham). A única coisa é que nas duas vezes que fui lá teve demora nos pratos e não lá não estava cheio nenhuma das vezes.

Entre Amigos
General Lucio Norberto Mansilla (esq.Laprida) - 1425

Depois de almoçar fomos andar um pouco na Avenida Santa Fé - uma das principais de lá cheia de lojas - que ficava á duas ruas do apartamento. Lá vimos muitas Farmacity que são farmácias que vendem cosméticos de boa qualidade e ainda chocolate e etc. E também vi bastante a sorveteria Freddo e MUITOS kioscos que vendem docinhos principalmente alfajor e milka! (compre milka quando for!). O que você mais verá em Buenos Aires é um kiosco chamado 25h open. Sério , já vi até 3 lojas na mesma rua.


Depois fomos jantar em Puerto Madero onde eu achei que não faria tão frio porque até então embora meu pai estivesse com muito frio eu estava quase com calor. Ai fui de saia longa mesmo (mal sabia yo que só iria sair lá de madrugada quando fica mais frio </3). Andamos MUITO por Puerto Madero e eu fiquei completamente apaixonada pelas luzes e todo o conjunto dos restaurantes. As fotos do primeiro dia mal existiram e estão ruins mas depois melhora muito , juro.

(sim , está borradinho de proposito , obrigada)

ENFIM , tal que já mortos de fome entramos em um dos restaurantes que meu pai tinha pesquisado , o La Parolaccia. Estávamos na recepção tomando um espumante com suco de pêssego super gostoso quando nos tocamos que era meia noite e meia e dia dos pais! (embora na argentina tenha sido o dia das crianças).
O restaurante tinha um visual bem bacana e fica aberto por um tempão (saímos de lá duas da matina) e atenção para o melhor nome ever de um prato italiano:

LEAVE THE GUN , TAKE THE CANOLLI.

Não tirei foto do meu prato mas era do tamanho de uma assadeira de acrilico branca cheia de massa caseira de talharim com azeite e mini pedaços de alho. Acrescente queijo ralado dos bons.Só de pensar tô salivando aqui. Uma das melhores refeições da minha vida.

LA PAROLACCIA
Alicia Moreau de Justo - 276

Depois andamos mais um pouco por Puerto Madero e pegamos um taxi pro apartamento afinal no outro dia iriamos para a feira de San Telmo!

E esse foi o final do primeiro dia , e logo posto o do segundo dia já que esse post foi tão curtinho. Depois faço um post com curiosidades e dicas úteis. 
Beijão pra quem chegou até o final do post.

Se quiser ver mais fotos vá no meu instagram: @stepandinha
sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Vai atrás do que você quer!

Ei , você.
Você mesmo lendo esse texto: vai atrás do que você quer! Levanta a bunda dessa cadeira e vai atrás daquilo que você chama de sonho com olhos brilhando.

Planeje , trabalhe , pesquise , descubra. Vá em busca da tua felicidade sem medo!

As coisas não caiem prontas no nosso colo. O teu sonho é uma viagem? Pesquise passagens , pesquise hotel , pesquise pontos turísticos , planeje por meses , faça sacríficos para guardar dinheiro. Largue mão do discurso clichê de que só quem viaja pra fora ou tem bons equipamentos é rico. Transforme esforço em realização. Falar não tira você do lugar na trilha da realização do sonho.

A caminhada de uma realização de um sonho não é fácil. È uma faculdade? È ir pra Disney? È ter um Ipad? Cada um tem seus desejos , suas vontades e sua própria maneira de ser feliz.

Amanhã embarco em mais uma viagem dos sonhos. Só eu sei o quanto de pesquisa e leitura fiz , os lugares que eu não fui para guardar dinheiro e os sacríficos que meus pais fizeram para tornar isso realidade (e tantas outras coisas na minha vida que sou imensamente grata). 

Às vezes abrir o Facebook pode ser decepcionante: afinal todos são felizes! Há horas em que fico meio bolada com tanta exposição e ostentação. Parece que todo mundo é feliz , todo mundo viaja , todo mundo tá comendo alguma coisa deliciosa ou tá com os amigos em um show super maneiro. Todo mundo ... menos eu. Ai eu me pergunto por que dou tanta bola pra isso e percebo que devia dar mais valor as coisas que tenho. E que ficar reclamando não vai tirar meu bumbum da cadeira e me levar direto para o México.

Toda caminhada começa com um passo , mesmo o menor deles. Tem horas que tudo cansa , tudo irrita e a vontade de desistir é maior que tudo. Continue lutando. Eu prometo que no final , todo o seu esforço (seja lá para o que) vai valer a pena. (Experiencia própria: quantas vezes já não quis sair do meu técnico porque não tinha nada a ver comigo , por que eu não entendia como programar em banco de dados , por que eu já tava cansada de passar 12h seguidas na minha escola e em alguns dias ainda ir pro inglês? Quantos dias eu chegava em casa e tudo que eu queria fazer era dormir porque eu tava morta de cansaço? E então quando eu me formei esse ano , todo o meu esforço foi recompensado :,))

Amanhã vou colher o que plantei (sim , vai ter post da viagem , obg de nada) , aproveitar cada segundo da minha recompensa e depois focar na realização dos meus outros sonhos , na busca de quem eu sou e da minha felicidade. Por que você não se junta a mim? Sua felicidade só depende de você.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Leitura Obrigatória da Fuvest e Unicamp: Vidas Secas 2/9


O último livro da leitura obrigatória que eu li foi Vidas Secas e foi tão gostoso de ler que eu terminei em quatro dias!

Enredo: O livro começa com Fabiano e sua família (a esposa Sinhá Vitória e seus dois filhos mais a cachorra chamada Baleia) caminhando pelo forte sol do nordeste. Como o título remete , é período de seca e depois da longa caminhada eles se abrigam em uma casa abandonada. A chuva chega e o dono das terras chega expulsando-os de lá mas Fabiano se oferece para trabalhar como vaqueiro para continuar lá e várias histórias se desenrolam.

Minha Opinião: Achei gostoso de ler embora tenha ficado triste e com raiva frequentemente durante a leitura. O jeito como é "contado" sobre a seca e as diferenças de classes sociais e exploração de trabalho é muito realista. Fiquei com raiva do Fabiano muitas vezes mas por outro lado você tem que "entender" as ações dele pela sua posição social e seu nível de escolaridade, etc.

Pra quem quiser "completar" ainda mais a leitra/entendimento: existe uma adaptação de Vidas Secas em um filme de 1963 que não é difícil de ser encontrado. (Eu não assisto pra não chorar mesmo #sousincera)

Se você não leu o post sobre Capitães da Areia clique aqui.

What's Been Going On #resumo2014

Quem é a blogueira não blogueira mais preguiçosa que tem? Euzinha.
Essa tag é uma das coisas mais legais do blog (na minha opinião) e eu não fiz nenhuma desde o começo do ano e estamos em julho! Então vou contar resumidamente tudo que aconteceu na minha vida até agora (pra me acompanharem me sigam no instagram @stepandinha). E vou voltar aos poucos com os posts , no começo de Agosto vou viajar pra Argentina (AEEEEEE - quem tiver dicas , agradeço) e farei diários de bordo , prometo.

Estou no último ano do ensino médio e um dos livros da leitura obrigatória da fuvest é Capitães da areia. È um livro super amorzinho e eu fiz um post sobre ele aqui.

Fiz uma matching tattoo com a minha mãe. Sim , esse coraçãozinho é uma tatuagem de verdade e minha mãe tem uma igual <3

Um dos meus lugares favoritos desse mundo é o Museu de Imagem e Som de São Paulo , o MIS! Toda exposição deles é super bacana e eu tenho vontade de visitar. Aliás a exposição atual deles é a do Castelo Ra-Tim-Bum! Quando for lá farei um post contando mais.

Turistei o beco do batman e tirei fotos do look do dia que você pode conferir nesse post.

Terminei meu técnico mês passado e estou tão feliz de finalmente ter terminado <3 Desde então fiz uma prova - e passei - e estou fazendo cursinho de uma faculdade aqui de Sorocaba e todos os dias eu passo por essa passarela bonita pra chegar lá.
Mais uma foto pra dizer que esse é meu último ano do ensino médio :c

Uns dois meses atrás fui no MAC (Museu de Arte Moderna - o perto do Parque Ibirapuera) e no último andar eles tem a vista panorâmica que é a coisa mais linda para tirar fotos. Eu acabei nem tirando tantas fotos mas quero fazer um post sobre lá depois e outros museus (sou a louca dos museus). E na minha foto é o meu pai e a namorada dele e eles não estão brigando embora pareça.

No meu cursinho não tem férias mas como teve Copa e vários jogos do Brasil eu dei uma escapada e passei uma semana em São Paulo com os meus tios. Eu e minha prima fizemos um montão de coisas como ir na Liberdade (tem post no blog), Vila Madalena e na Avenida Paulista onde tinha esse cara dançando vestido de Michael Jackson (e as bandeiras de vários países atrás awn)
Fui na exposição do Obsessão Infinita! Quem puder vá que logo acaba - a exposição é de graça e esse corredor das luzes é maravilhoso!


Duas felicidades: Troquei de celular (com essa câmera bem melhor) e o inverno (na minha opinião) deixa o dia mais bonito e as árvores também.

BASICAMENTE , isso foi a minha vida em um semestre. Obviamente aconteceu mil coisas mas isso são histórias para futuras postagens ,
Adiós
sábado, 5 de julho de 2014

Óculos que Fizeram História

Quando eu era criança minha mãe diz que eu queria muito usar óculos (vai saber porque raios eu achava legal). Alguns anos depois descobri que herdei da minha família paterna miopia (Que aliás essa semana depois de ir no oftalmologista descobri que meu grau aumentou </3) e só então fui descobrir que eu não gosto de usar óculos.

Depois dessa introdução desnecessária sobre a minha vida venho mostrar pra vocês uma série de fotos minimalistas com óculos que fizeram história e são lembrados até hoje. O criador das fotos é o designer italiano Federico Mauro.


Para ver todos os óculos clique aqui (vale muito a pena) - no site ainda tem óculos de personalidades e personagens como Elvis Presley , Steve Jobs , Tony Montana e os Minions
quinta-feira, 26 de junho de 2014

Turistando: Liberdade

(não posta há eternidade e quando posta é de novo sobre São Paulo - essa é a minha vida galeres)

Terça-feira acordei meio-dia olhei pra cara da minha prima e disse "o que a gente vai fazer hoje?" já emendando com a sugestão "Vamos na liberdade?"

Liberdade é um bairro turístico de São Paulo com o maior reduto da comunidade japonesa na cidade, a qual, por sua vez, congrega a maior colônia japonesa do mundo, fora do Japão. As ruas tem letreiros em japonês e aquelas luzes bonitinhas. Em algumas épocas do ano eles fazem algumas festas típicas do Japão.


Nós chegamos lá de metrô (a Liberdade é a linha azul do metrô) e já estávamos na praça da liberdade. Não tiramos muitas fotos porque tava bem cheio lá (Com essa Copa todo lugar tá cheio e todo lugar tem gringo) e ficamos com medo de ser assaltadas ou algo do tipo.

(reparem no "semáforo de pedreste")


Agora minha parte favorita: Compras <3

A Liberdade é o melhor lugar pra se comprar coisas de papelaria e esses tipos de coisas fofas de decoração. Tem muitas lojas com borrachas em forma de coisas fofas , copos em forma de sorvete , canecas bonitas , caderninhos , cofrinhos etc.

Outra parte legal de compras são as comidas japonesas! Tem uma infinidade de lojas de doces com umas coisas que você não consegue ler mas tem vontade de comprar: doces , temperos e tudo que você imaginar com a cara da Hello Kitty e do Pikachu.
Se forem lá um dia COMPREM os biscoitos de koala: são uma caixinha verde com desenho de koala e todas as lojas de comidinhas vendem esse biscoitinho com recheio de chocolate.


Essa latinha minha prima e eu compramos porque era bonita e era um suco de uva com gosto de fanta uva , o suco de Cramberry era melhor (mas tomamos tudo antes de tirar foto)

Algumas comprinhas:

Os shampoos minha prima comprou em uma loja chamada Ikesaki Cosméticos (são três andares de infinitos produtos de beleza , pra quem quer algo específico super recomendo procurar lá). Os cílios ela comprou em um quiosque de uma galeria.

O marshmallow nós compramos em uma loja que eu não lembro o nome mas era a primeira descida da praça da liberdade e custava 3,90 o pacote com 200 gramas e ele era do tipo americano muito bom <3 Na mesma loja tinha os biscoitinhos de koala (Foi 5 reais) e compramos os mini pacotinhos de nerds (R$0,50 cada).

O Lindt custou 10 reais em uma loja que eu não lembro o nome e também compramos suco de Cramberry e suco de uva de uma marca japonesa (cada um custou 5 reais)

E esse caderninho tipo moleskine maravilhoso da mulher maravilha (ainda emocionada de ter comprado) eu comprei na Lucky Cat por 22 reais e também essa borracha "molinha" por 3 reais.

Meu passeio na liberdade foi mais o menos isso e foi super legal. Ontem eu fui na exposição Obsessão Infinita e depois eu venho contar mais de como foi também.
Adiós
Stephanie